Ver Cesto de Compras

Nº Artigos: 0

Cesto Compras Cesto Compras

Total: 0€

Finalizar Compra Finalizar Compra

 

Fernando Campos Castro

Notas biobibliográficas 

Alberto Pereira
FERNANDO CAMPOS DE CASTRO, nasceu em Lever , Vila Nova de Gaia, em 27 de Agosto de 1952. Poeta, escritor e autor de peças de teatro e encenador (em 2008 foi distinguido com o Prémio TALMA – Por amor à arte do Teatro), começou na poesia (foi responsável pela selecção dos poemas de 2 Antologias, publicadas pela Associação de Escritores de Gaia, de que foi sócio fundador e, com o Dr. Júlio Couto, pela Antologia “O Porto em Poesia”, editado pela Junta de Freguesia de Paranhos) mas foi no romance que atingiu maior notoriedade (Vencedor do Prémio Nacional de Literatura Adolfo Casais Monteiro/2005 com o livro “Com Hora Marcada e Vencedor do Prémio Testemunho e Qualidade Literária, atribuído pelo Papiro Editora, entre todas as obras publicadas pela Editora, no biénio 2005/2006 com o título “Memórias um cão aposentado).

 A 4 de Abril de 2009 a edium editores teve o prazer de lançar publicamente o seu mais recente romance “Trocar de Alma – os últimos quatro dias”: a 31 de Março de 2010 foi lançada a fotobiografia de sua autoria, intitulada “É do Porto e sempre nossa, Maria Amélia Canossa”

 Está representado nas Antologias Poéticas:
- Se o Poeta Não Dissesse; Memórias de Um Rio; Entre o Granito e a Neblina; Gérmen – Antologia Internacional de Poesia de Língua Portuguesa.

Obras Publicadas :
Na solidão das Horas (poesia); O Futuro era Ontem  (poesia); Violação da Noite (poesia); Com Hora Marcada (Romance) – Vencedor do Prémio Nacional de Literatura Adolfo Casais Monteiro/2005; Memórias de um Cão Aposentado – Vencedor do Prémio Testemunho e Qualidade Literária, atribuído pelo Papiro Editora, entre todas as obras publicadas pela Editora, no biénio 2005/2006.
Em 2008 foi distinguido com o Prémio TALMA – Por amor à arte do Teatro
É Autor de centenas de canções e fados cantados e gravados em disco por muitos artistas

Obra publicada:

Está representado nas Antologias Poéticas:

  • Se o Poeta Não Dissesse;
  • Memórias de Um Rio
  • Entre o Granito e a Neblina
  • Gérmen - Antologia Internacional de Poesia de Língua Portuguesa.

Obras Publicadas :

Peças de Teatro levadas à cena:

  • Auto da Desprezada (farsa)
  • Como é que é meus Senhores (Revista)
  • Isto assim não pode ser (Revista)
  • O Porto em Revista (Revista)
  • Auto do Menino-Rei (Infantil)
  • Crime na Cela 52 (Drama)
  • O Natal do Limpa-Chaminés (Infantil)
  • O Porto é Assim (Revista) (1º prémio de Teatro de Revista em 2000 no teatro Sá
  • da Bandeira, e Prémio de Popularidade do Jornal de Notícias)
  • Está Tudo Doido (Revista)
  • Estamos Doidos ou Quê? (Revista)
  • O Cais da Solidão (Musical)
  • Vidas à Moda do Porto (Revista)
  • Se é Retorta Endireita (Revista)
  • Vamos à Bruxa (Revista)
  • Cacetes e Roscas ( Revista)
  • Isto é que é um Fado! (Revista)

Obras Publicadas pela edium editores

Amélia Canossa - fotobiografia  

É do Porto e sempre nossa, Maria Amélia Canossa
Colecção: Biografias

Trocar de Alma - Os últimos quatro dias
Colecção: Romance